sábado, 28 de fevereiro de 2015

Escolha da raça de poedeiras pode ser definida nos detalhes


Cristas e barbelas bem vermelhas e elásticas, e canelas sem pigmentação são algumas características que devem ser avaliadas


 Escolha da raça de poedeiras pode ser definida nos detalhes
Antes de tudo, o produtor deve definir qual raça criará

No ramo de galinhas poedeiras, podemos encontrar diversas linhagens disponíveis no mercado, das quais destacam-se a Lohman (Brown e LSL), Isa (Brown e Babcock), Hy-line e Hysex.

Independente da linhagem ou marca, o criador deve definir qual tipo criará. Poedeiras semi pesadas produzirão ovos vermelhos, e as poedeiras leves, ovos brancos. As semi pesadas possuem um custo de produção maior, pois consomem mais alimentos e têm uma conversão alimentar inferior. Porém, seus ovos são mais valorizados, devido à coloração avermelhada, pois sua aceitação no mercado é maior.

O professor Dr. Júlio Maria Ribeiro Pupa, coordenador técnico do curso Galinhas Poedeiras – Cria e Recria, desenvolvido pelo CPT – Centro de Produções Técnicas, alerta, “uma linhagem de qualidade deve apresentar baixa taxa de mortalidade, alta porcentagem de ovos grandes, boa pigmentação das gemas, capacidades de postura de mais de 240 ovos por ano, alta resistência a doenças, alta taxa de eclosão, alta fertilidade, maturidade sexual precoce, boa qualidade interna do ovo e baixa quantidade de manchas no interior.”

Para identificar uma boa poedeira, independente da linhagem, deve-se ficar atento a algumas características, tais como: cristas e barbelas bem vermelhas e elásticas, canelas sem pigmentação, distância de dois dedos ou mais entre os ossos pélvicos e uma cloaca alargada (aproximadamente 4 dedos) de forma oval, na fase de postura, sem pigmentação e úmida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário