sábado, 28 de fevereiro de 2015

Formas de produção e comercialização de ovos


Para a indústria, os ovo produtos são as melhores opções para comercialização

Formas de produção e comercialização de ovos
Os ovos devem ser classificados de acordo com o tamanho e qualidade

Muitos criadores começam nessa atividade sem levar em conta onde vão vender a sua produção e de que maneira ela vai chegar ao centro consumidor. Isso é o que diferencia as granjas bem sucedidas das que fracassam.

A fórmula de comercialização deve vir antes da produção do ovo. Por isso, o comerciante deve, primeiro, entender sobre o produto que vai vender e direcioná-lo   para atacado, varejo ou indústria.

É importante que o produtor entenda a fundo todo o processo que vai gerar o ovo. Na maioria das vezes, ele tem pouco argumento de valorização do seu produto. É preciso buscar sempre novas alternativas para, por exemplo, inseri-lo na merenda escolar ou agregar valor, transformando-o em ovo produto, que comercializa o ovo líquido ou em pó.

O professor Dr. Júlio Maria Ribeiro Pupa, coordenador técnico do curso Galinhas Poedeiras – Produção e Comercialização de Ovos, desenvolvido pelo CPT – Centro de Produções Técnicas, aconselha, “para a indústria, os ovo produtos são as melhores formas de comercialização . Eles eliminam o processo de quebra de ovos pela indústria consumidora e otimizam o transporte, pois, na produção in natura, a perda de espaço e de ovos é sempre considerável.”

Além dessas vantagens, os ovo produtos também eliminam as cascas do processo de produção e o risco de contaminação por microrganismos causadores de doença. O ovo em pó também possibilita a mistura a seco, que é muito mais prática e não precisa de refrigeração, cortando boa parte das despesas de produção.

Nenhum comentário:

Postar um comentário